Artigos

Dicas

Fique ligado na troca de óleo do seu veículo!

A troca de óleo não é tão simples quanto se pensa. Este é o item mais importante para a vida útil do motor, que se ignorado ou feito de maneira errada ou fora do prazo pode reduzir o desempenho do veículo, aumentar o consumo de combustível ou até mesmo fundir o motor, o que, em caso de conserto, representa quase a metade do valor do carro. Por isso, a atenção deve ser redobrada e tratada com prioridade no período de troca do prazo estabelecido ou durante uma revisão. Pensando nisso, separamos algumas dicas para você ficar atento no momento de conferir, comprar ou trocar o óleo:

Troca
fique atento aos prazos. As informações quanto à quilometragem, tipo de óleo e quantidade de litros que devem ser usados está bem claro no manual do proprietário. Geralmente, a troca de óleo é a cada 5 mil ou 7 mil quilômetros, isso varia de acordo com o tipo de óleo utilizado. Se passado do prazo, o óleo vai ficando velho, perdendo viscosidade, deixando assim de lubrificar as peças do motor. Por isso, vale seguir as recomendações do manual.

Nível
verifique com frequência o nível de óleo. O ideal é que seja feito pela manhã, com o veículo frio, antes de dar a primeira partida. Se o nível estiver baixo, pode completar com o mesmo lubrificante que foi utilizado.

Filtro
A cada troca de óleo, troque também o filtro, pois ele é o responsável por reter as impurezas do motor, garantindo melhor desempenho.

Óleo preto
Não representa que o óleo está velho, pelo contrario, é sinal de que está lubrificando corretamente.

Óleo velho
Mesmo que você rode pouco e não alcance a quilometragem estipulada para troca, o óleo deve ser trocado após seis meses. Após esse prazo, o óleo fica velho e pode danificara bomba de óleo.

Temperatura
Quando for retirar o óleo na hora da troca, é bom que o motor esteja quente, com isso o óleo fica mais fino e fluido.